quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Por que pagar impostos?



Andei refletindo sobre o tema: então, por que pagar impostos? Está aí um tema que nos leva a várias explicações.

Mas vou me ater ao essencial. Talvez seja uma visão romântica da coisa. Eu não sei, quem sabe? Não sou o dono da verdade, mas é assim que a vejo.

Todos nós sabemos que não existem milagres, nenhum estado se sustenta sem arrecadar impostos, nenhum povo consegue sobreviver sem que haja a taxação de riquezas. Através dos tempos foram muitas as maneiras de se obter verbas que mantivessem a máquina pública em pé. Não entrarei em detalhes a respeito de como se arrecadavam verbas, fossem com taxações ou saques através guerras…

Nos dias de hoje, uns estados cobram mais, outros cobram menos, mas, incondicionalmente, todos se valem dessa prerrogativa… Para mim você não paga impostos, você recolhe a parte que cabe ao governo. De todas as riquezas produzidas no país, o cidadão produtor é dono de uma parte e a outra pertence ao estado, portanto, pertence aos seus conterrâneos também. Trata-se de uma partilha, os que produzem mais, dividem a riqueza com os que produzem menos. A isso chamamos de partilha de riquezas, distribuição de rendas.

Uma vez que o cidadão sonega impostos e nega-se a pagar o que lhe cabe. Esse cidadão não está se negando a dar o seu dinheiro, mas, sim, tomando de seus vizinhos, amigos e irmãos. Óbvio, está tomando, num português mais claro, está roubando. Pois sonegar impostos é roubar na fonte. Quem sonega comete um crime no mesmo grau que um corrupto, que um corruptor. A gravidade do crime é a mesma.

O que devemos questionar, devemos lutar para que mude, é a forma com que se aplica o dinheiro do povo. No que se investe a parte coletiva, a riqueza coletiva deve ser investida com austeridade, com parcimônia.

Saúde, saneamento básico, infra-estrutura, educação, seguro previdenciário e estabilidade econômica, sim a estabilidade econômica também depende da riqueza coletiva, vide o PROER nos anos 90. Aliás, o PROER é um belo exemplo de como se deve usar a riqueza do povo com sabedoria e austeridade…

Não sei se me fiz entender, mas acho que o espírito da coisa deu para captar. Você não paga impostos, você produz riquezas e tem um sócio, o governo, melhor falando, o povo. Todos nós somos sócios nas riquezas produzidas pela nação, por isso a necessidade de um bom gestor público.

Um comentário:

  1. http://www.temporadafora.com/vlog/impostos adorei esse video, fala sobre o assunto da postagem, e o site também é legal, pois aborda varios temas problemáticos do nosso país!

    ResponderExcluir

Os políticos são o espelho da sociedade.

      O nosso problema não está no fato de o país ser unitário ou federado, de ele ser república ou monarquia, de ele ser presidenciali...